Menu fechado

Programas da Aviação Civil

Embraer E-170 e E-190 (Latecoere)

1.200.000 horas. Participação entre 1999 e 2004 com alocação de time próprio dentro da Embraer que desenvolveu aproximadamente 70% do comprimento da fuselagem do E-190. Desenvolvimento de diversos segmentos como responsável técnico.

Embraer E2 170/190/195

650.000 horas. Desenvolvimento da fuselagem central e wing stub (175/190/195), peça de ligação da asa com a fuselagem central da aeronave.

Embraer ERJ 145

220.000 horas. Engenharia e projeto: Estabilizador Vertical e Horizontal; Profundores; Leme; Bordos de ataque das empenagens, Fuselagem Central II. Suporte para a Embraer até a Certificação Tipo (FAR/JAR 25). Segmentos: Fuselagem Central, Estabilizador Vertical e Horizontal; Profundores; Leme, comprovação estrutural, detalhamento de projeto, relatórios técnicos e toda documentação de engenharia.

Boeing 747/8 (Aernnova)

150.000 horas. Akaer alocou time próprio para trabalhar em Vitoria-Espanha e em Everett-EUA para desenvolver a caixa de junção asa-fuselagem.

Airbus A380 (P3 Group)

5.000 horas. Verificação da qualidade do projeto das cablagens e do projeto elétrico e verificação de suportes fixos e móveis.

Embraer EMB 120

5.000 horas. Desenvolvimento: kit de conversão para a versão cargueiro e kit de conversão rápida para a versão cargueiro.

Programas da Aviação Executiva

Embraer Legacy 450/500

90.000 horas. Desenvolvimento de Estruturas (fuselagem central, caixa de junção asa-fuselagem, fuselagem traseira e pilones, acompanhamento da série), Sistemas (FTI especial) e Elétrica (Encaminhamento de cablagem e instalação, Diagramas de fiação, Encaminhamento e instalação de cablagens de FTI)

Embraer Phenom 100/300

40.000 horas. Desenvolvimento de partes estruturais para: Asas, Fuselagem,
Estabilizadores horizontal e vertical.

Embraer Lineage 1000

10.000 horas. Desenvolvimento de partes estruturais para: Monumentos do interior, Itens de configuração interior, Tanque de combustível – DAM, Modificações estruturais

Programas da Aviação Militar

Saab Gripen NG

550.000 horas. Concepção estrutural (Asas, porta do trem de pouso principal e fuselagem central) e desenvolvimento completo da fuselagem traseira.

Embraer / FAB KC 390

600.000 horas. A Akaer alocou time próprio na Embraer para desenvolver os seguintes segmentos: Fuselagem dianteira, Empenagem vertical, Cone de cauda, Spoilers; e diversas outras estruturas: Vertical tail and lateral fillet, tail boom, rudder, leading edge, central fuselage, pylon pod, pylon fairing, engine pylon, aft fuselage, wing structure and flaps, aileron, spoilers, flap support fairing, flap mechanism, wing tip

Embraer AEW India

85.000 horas. Desenvolvimento de APU / Strake, reforços estruturais da fuselagem, modificações na carenagem asa-fuselagem, instalação das antenas, luminárias, fiação básica e de missão, sistema MAS. Interiores e modificação da estrutura primária de racks de missão, elétricos, cozinha, lavatório, armário.

Embraer Super Tucano

80.000 horas. Desenvolvimento para Força Aérea do Chile e da Colômbia de novo compartimento eletrônico. Redimensionamento das janelas de inspeção da asa, instalação de telêmetro laser, sistema contramedidas, torre eletro-óptica, blindagem do cockpit e produção de relatórios de fadiga e tolerância a danos.

Airbus A400M (Sonaca)

50.000 horas. Desenvolvimento de estruturas compostas para a Porta do Trem de Pouso Principal e carenagem do Bordo de Ataque, projeto completo, certificação e sustaining.

Embraer Bandeirante

28.000 horas. Desenvolvimento do projeto de instalação da aviônica e revisão completa da aviônica e da elétrica da aeronave.

Embraer / FAB A1-M

15.000 horas trabalhadas. Desenvolvimento de maquete digital 3D e detalhamento de peças primárias.

Helibras EC-725

30.000 horas trabalhadas. Desenvolvimento de modificações no projeto original dos sistemas mecânicos e elétricos, a fim de cumprir com as necessidades da Força Aérea Brasileira (FAB).

Helibras HB350 Esquilo (Safran)

30.000 horas trabalhadas. Projeto de estruturas e instalação de sistemas dos sistemas aviônicos, publicações técnicas e treinamento.

Helibras Pantera

5.000 horas trabalhadas. Desenvolvimento de modificações no projeto original dos sistemas mecânicos e elétricos, a fim de cumprir com as necessidades da Força Aérea Brasileira (FAB).